29 de set de 2009

UM GATO PARA GERTRUDES

















UM GATO PARA GERTRUDES

da Cia Luna Lunera


de 03 a 18 de outubro Sábados e domingos as 16h30


Espaço Cultural ImaculadaRua Aimorés, 1600 - Lourdes Esquina com Rua da Bahia, ao lado da igreja de Lourdes


Ingressos antecipados a preço promocionalno posto do Sinparc (Mercado das Flores)


Valor: R$12 (Preço único)Av. Afonso Pena, esquina com Rua da Bahia, ao lado do posto da



BeloturInfo: (31) 3444-7983http://www.cialunalunera.blogspot.com/











27 de set de 2009

DIÁRIO PROIBIDO


Ontem, depois que saimos do estúdio onde fomos gravar entrevistas para o PEGAÇÃO, fomos ao cinema, eu e Val Tinoco assistir "DIÁRIO PROIBIDO".

Marta Cuirana, responsável pelos figurinos de Diário Proibido não precisou se preocupar com o guarda-roupa de Belén Fabra, a bela catalã de 32 anos, protagonista do filme dirigido por Christian Molina. Na verdade, são poucas as cenas em que ela aparece vestida.
E, quando aparece, não demora muito para se desvencilhar de peças que só servem para dificultar o andamento da trama. A personagem, Val, é uma ninfomaníaca que leva às últimas consequências sua irrefreável necessidade de sexo, seja com o namorado do momento ou com o primeiro homem que encontrar na rua.
Mas quem espera encontrar cenas sensuais e ousadas, como no clássico do gênero, Nove e Meia Semanas de Amor (86), vai se decepcionar. Se a adaptação do livro Diário de uma Ninfomaníaca, de Valeri Tasso, tinha por objetivo chocar a plateia com as peripécias de uma jovem viciada em sexo, o tiro saiu pela culatra. O excesso de cenas de cama, filmadas de forma burocrática, quase sem intervalos, acabam tornando-se banais.
Como a própria história, formada por um amontoado de situações que conduzem a personagem a um verdadeiro calvário. Sim, porque ao mesmo tempo em que busca o prazer, se deixando usar pelos homens, ela é punida. A mensagem do filme não deixa de ser moralista.
Val trabalha num escritório e relata as histórias de suas aventuras a uma amiga que é seu oposto - ela não encontra namorado, mas nem por isso é infeliz. Por sugestão da avó (interpretada por Geraldine Chaplin), Val passa a escrever um diário, como forma de encontrar respostas para suas dúvidas. Mas a avó não suspeita que as dúvidas da moça sejam tão radicais.
Quando conhece Jaime (o argentino Leonardo Sbaraglia), um empresário galanteador, cai, sem saber, numa perigosa armadilha. Pela primeira vez, realmente apaixonada e acreditando que entrará na rotina de uma mulher "normal", ela logo saberá quem ele é na realidade: um homem cruel, ciumento e violento, que coloca em risco sua própria vida.
Seu próximo passo é ainda tão ou mais arriscado que o anterior. Depois de abandonar Jaime, decide trabalhar num bordel, pois acredita que conseguirá ser remunerada por aquilo que mais gosta: sexo.
Novamente sua escolha implicará em graves consequências. Mas, assim como ela teve coragem de abandonar um homem violento e dar outro rumo na vida, terá novamente oportunidade de mostrar sua força. E registrar tudo em seu diário.
O filme está em cartaz nos melhores cinemas.
TMais!!!
Rodrigo Salgueiro

26 de set de 2009

Trilha sonora de “Lua Nova” aposta em veteranos de peso


Você pode torcer o nariz para a saga “Crepúsculo”, achar as atuações de Robert Pattinson e Kristen Stweart – os protagonistas da franquia de longas – pífias, mas não há como não tirar o chapéu para a trilha sonora do novo longa da série. Os diálogos de “Lua Nova”, filme que chega aos cinemas brasileiros no dia 20 de novembro, serão embalados por nomes como Thom Yorke e The Killers.

Capa do CD da trilha sonora de O que mais impressiona e, ao mesmo tempo mostra a força do novo fenômeno teen, é que todos os músicos cederam composições inéditas para a compilação. Enquanto a banda de rock entra na lista com “A White Demon Love Song”, o vocalista do Radiohead aparece com “Hearing Damage”. Além deles, outros queridinhos dos modernos, como Dead Cab for Cutie e Muse (uma das bandas favoritas de Stephenie Meyer, autora dos livros que originaram os filmes), também integram o CD, que será lançado no dia 20 de outubro.A escolha é curiosa, uma vez que o público das bandas é mais velho do que aquele que suspira pela história de amor do vampiro Edward Cullen e da humana Bella Swan. Para os músicos é um ótimo negócio arrebatar fãs jovens e obcecados pela história – a trilha sonora de “Crepúsculo”, primeiro capítulo da saga, vendeu mais de 2 milhões de cópias e transformou os integrantes da banda Paramore em astros instantâneos. Por outro lado, grandes nomes do cenário musical agregam valor ao filme e, de quebra, podem render um novo público à produção.Questionamentos à parte, com uma pegada indie e alguns artistas consagrados, “Lua Nova” até pode ser um fracasso nas telas, mas com certeza será um “sucesso de bilheteria” musical.
Confira a lista completa de músicas:
Death Cab For Cutie – "Meet Me On The Equinox"
Band Of Skulls – "Friends"
Thom Yorke- "Hering Damage"
Lykke Li – "Possibility"
The Killers - "A White Demon Love Song"
Anya Marina – "Satellite Heart"
Muse - "I Belong To You (New Moon Remix)"
Bon Iver and St. Vincent – "Rosyln"
Black Rebel Motorcycle Club - "Done All Wrong"
Hurricane Bells – "Monsters"
Sea Wolf – "The Violet Hour"
Ok Go - "Shooting The Moon"
Grizzly Bear - "Slow Life"
Editors – "No Sound But The Wind"
Alexandre Desplat – "New Moon (The Meadow)"
Agora é aguardar pra conferir.

TMAIS!

Rodrigo Salgueiro

21 de set de 2009

OPORTUNIDADE DE OFICINA EM BH


GENTE.... se você está em BH não perca a oportunidade de participar dessa oficina.
Meus amigos do Galpão Cine Horto me enviaram e fiz questão de publicar aqui pra vocês.
Tmais!!!
Rodrigo Salgueiro

20 de set de 2009

MICHAEL JACKSON: Trailer do filme com os últimos momentos do cantor


Parece que ainda está longe o dia em que Michael Jackson poderá "descansar em paz" lá no além. Enquanto a família briga pela herança e a paternidade de seus três filhos segue sendo alvo de piadas por parte da imprensa de celebridades, outro "pedacinho" da vida do astro será dissecado - desta vez nas telas. Com estreia mundial prevista para 28 de outubro, "This is it" se apresenta como sendo o derradeiro registro do cantor antes de sua trágica morte em 25 de julho deste ano.Com o trailer oficial circulando pela internet desde o último dia 14, quando foi apresentado oficialmente na cerimônia do Video Music Awards, da MTV americana, o longa-metragem nada mais é do que uma colagem de imagens de Michael nos ensaios que fazia para as 50 apresentações agendadas em Londres no último mês de agosto. O material é dirigido por Kenny Ortega, que trabalhava com Jackson na organização e na criação desse seu retorno aos palcos. Responsável pela execução da franquia "High School Musical", ele já havia colaborado com MJ em outras duas turnês - "Dangerous", de 1992, e "History", 1996.Ortega defende a produção - que aparenta ser mais um meio de explorar a trajetória do astro - como sendo "um presente aos fãs". Para preencher o documentário baseado em mais de 100 horas de gravação nos bastidores dos ensaios para a nova turnê estão também entrevistas com pessoas próximas a Jackson e pequenos filmes que seriam exibidos ao público nos intervalos entre uma canção e outra. Como tudo que cerca o nome Michael Jackson ultimamente, a expectativa de bilheteria para o filme é de se fazer fortuna: supera, em muito, os U$S 60 milhões pagos pela Columbia Pictures para distribuir o projeto.
Abaixo o trailer do filme.
TMais!!!
Rodrigo Salgueiro


17 de set de 2009

Lily Allen faz show alegre e charmoso em São Paulo

Lily Allen realmente gosta muito de seu segundo disco. Esse trabalho – It’s Not Me, It’s You, lançado em fevereiro deste ano – foi apresentado na íntegra pela jovem inglesa na noite desta quarta-feira em São Paulo. O show, único na capital paulista, foi realizado no Via Funchal, teve cerca de uma hora e quinze minutos de duração e 18 músicas; delas, apenas quatro foram tiradas do álbum de estreia da cantora.
Esta foi a segunda passagem de Allen por São Paulo. A primeira, que pode facilmente ser chamada de desastrosa, aconteceu em 2007 e foi capitaneada por uma cantora estreante despreparada e desinteressada que errou as letras de mais da metade de suas canções. Desta vez, Lily se empenhou muito mais e provou ter aprendido um pouco da arte de dominar um palco nesses dois anos que se passaram.
A apresentação começou com pouco mais de dez minutos de atraso. Lily veio de cabelo preso, short curto, salto altíssimo e pernas bronzeadas à mostra. No rosto, uma pintura em verde e amarelo remetia à maquiagem dos dubladores do tradicional programa “Qual É a Música”, de Silvio Santos, mas nem isso conseguia estragar a sua beleza.
O show foi aberto por "Everyone's at It", seguida de "I Could Say" e "Never Gonna Happen", todas do CD recente. O público não lotava o Via Funchal, mas reagiu com muita empolgação e energia à aparição da cantora. Allen sentiu a vibração e elogiou: “Essas foram as melhores três primeiras músicas que eu já tive. Obrigada”.
Lily anda bastante pelo palco, dança e joga charme o tempo todo. Para dar conta do recado, ela troca discretamente os sapatos de salto por tênis confortáveis e, passando longe de uma imagem de boa moça, fuma e bebe no palco. Ela é acompanhada por uma banda enxuta composta por guitarra, baixo, bateria e teclados complementados por muitas bases pré-gravadas. Em alguns momentos, a voz de apoio à de Allen fica aparente, mas seu público não pareceu se importar.
A banda toca alto, pesa a mão em diversas faixas apresentando versões mais robustas do que as originais, mas nesse processo o pop esperto de Allen perde detalhes e sacadas. Reggaes se acabam em trance, country ganha batidas eletrônicas, pop vira disco punk e o público dança muito e canta junto do início ao fim, arrancando sorrisos da cantora.
De seu debut, Lily pinçou apenas os hits “Smile”, “LDN”, "Everything's Just Wonderful" e "Littlest Things". Ela também cantou a sua famosa versão para “Oh My God”, do grupo Kaiser Chiefs, e fez uma leitura pesada de “Womanizer”, de Britney Spears. Um show simples, humilde em termos de recursos de palco, mas alegre, dançante e coeso.
Lily Allen faz mais uma única apresentação no Brasil. Ela canta no HSBC Arena, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira.

Confira a lista de faixas da apresentação:

"Everyone's at It"
"I Could Say"Never Gonna Happen"
"Oh My God" (cover de Kaiser Chiefs)
"Everything's Just Wonderful"
"22""Him""Who'd Have Known"
"LDN""Back to the Start"
"He Wasn't There"
"Littlest Things"
"Chinese"
"Smile"
"The Fear"

Bis
"Womanizer", "Fuck You", "Not Fair"
TMais!!!
Rodrigo Salgueiro

12 de set de 2009

OI FASHION ROCKS




Já estão à venda os ingressos para o Oi Fashion Rocks. O evento que mistura moda e música trará ao Brasil a cantora Mariah Carey, Pharrell Williams & N*E*R*D, Lulu Santos, Wanessa camargo e JaRule.
Em sua primeira edição no Brasil, o evento será realizado no Jockey Club do Rio de Janeiro dia 24 de outubro e espera atrair 5 mil pessoas. Os ingressos custam de R$ 800 a R$ 1.400 e estão à venda através do site www.livepass.com.br e em pontos de venda. Saiba mais no site oficial do evento www.oifashionrocks.com.br.
A gente se encontra por lá.
TMais!!!
Rodrigo Salgueiro

4 de set de 2009

Antes do lançamento, CD de Susan Boyle lidera vendas na rede


O disco de estreia da cantora Susan Boyle, famosa mundialmente após sua apresentação no programa de calouros "Britain's Got Talent", alcançou o topo da lista de vendas pela internet nesta semana, sendo que será lançado somente em 24 de novembro.
A caloura Susan Boyle no palco do programa que a tornou famosa, o "Britain´s Got Talent"
A informação é do site da revista "People".
De acordo com a revista, milhares de fãs da cantora já garantiram o álbum "I Dreamed A Dream" na pré-venda no site Amazon.com dias após o álbum ser disponibilizado pela página.Com a procura, Boyle desbancou a veterana Whitney Houston, cuja álbum que marca seu retorno após sete anos sem lançar um disco, agora aparece em segundo lugar entre os mais vendidos na Amazon.
Entre os mais vendidos pelo site aparecem ainda o disco com a trilha sonora do filme "Lua Nova" e alguns dos álbum dos Beatles, lançados em versão remasterizada.
E você, já encomendou o seu?
TMais!!!
Rodrigo Salgueiro